LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUERTO VARAS: QUARTO DIA

IMG_0106
Na estrada, em direção a Frutillar (#PraCegoVer: fotografia de paisagem. Na parte superior, céu azul, sem nuvens. Logo abaixo, um vulcão, com o topo branco de neve, que se segue a uma camada de nuvens azuladas. Mais abaixo, na metade inferior da foto, uma estrada asfaltada, com sinalização branca e a inscrição “60” de cabeça pra baixo, no próprio asfalto. Nas laterais da estrada (que também são as laterais da foto), grama verde, cercas e mais grama e vegetação verde. No canto inferior esquerdo, em letras brancas, a inscrição @porquesomosdomundo. Fim da descrição).

Dia seguinte, era dia de muita natureza…

Seguimos cedo, em direção ao Parque Nacional Vicente Pérez Rosales, o mais antigo parque do Chile, criado em 1926. Fica numa área de mais de 200.000 hectares, mas nosso interesse era pelos Saltos del Petrohué e Lago Todos Los Santos.

20180321_142609

O acesso ao parque, vindo de Puerto Varas, fica na mesma direção do Volcán Osorno, margeando o Lago LLanquihue, até a localidade de Ensenada, quando os caminhos se diferenciam…

Paisagens ao redor do lago…

E prosseguimos pela estrada à direita… estrada que é já muito bonita, com o Osorno nos acompanhando…

IMG_9999

…em alguns pontos, verdadeiros vales formados pela passagem da lava vulcânica… impressionantes!

No caminho, resolvemos dar uma parada em um ponto de paisagem muito bonita, à margem do Río Petrohué. Lá, encontramos, estacionado, um veículo com uma barraca no teto. Nos aproximamos, trocamos sorrisos… era um casal e sua filha… o rapaz se aproximou, fazendo perguntas, em espanhol, sobre fotografia… quando conversamos entre nós em português, ele revelou então que eram brasileiros: estavam num projeto de viagem e experiências por um ano (a princípio). E foi assim que conhecemos Paula, Gil e Luna, a Família Coração Nômade. Se quiser ver como foi a viagem deles, é só ir lá no Instagram @familia_coracao_nomade.

IMG_0153
A enseada onde encontramos a Família Coração Nômade
IMG_0162
Volcán Puntiagudo

O carro-barraca da Família Coração Nômade e Luna…

A região dos Saltos del Petrohué, nossa primeira parada, fica a cerca de 60 km de Puerto Varas. Lá, estacionamento, centro de recepção, banheiros e lanchonete. O estacionamento é pago à parte (não lembramos o valor, mas é algo por volta de $1000/2000 pesos). O ingresso a esse setor do parque custa $4.000 pesos, para adultos estrangeiros (Informações no link). A partir desse ponto, podem ser feitas várias trilhas, algumas autoguiadas.

IMG_0018

Dentre essas últimas, fizemos a que leva a Saltos del Petrohué, com cerca de 600 metros. É uma trilha muito fácil e bem sinalizada.

Os Saltos, como o próprio nome diz, são quedas d’água do rio Petrohué, que nasce do lago de Todos os Santos. Petrohué, em mapuche, significa “lugar de Petros”, um mosquito muito comum na região, principalmente no verão.

São quedas d’água belíssimas, que podem ser observadas em diversos pontos, nas passarelas de madeira e mirantes acessíveis pela trilha. A água, em tons de azulados e esverdeados, com o branco da espuma e o imponente vulcão Osorno ao fundo, formam uma combinação encantadora!

IMG_0006

IMG_0019

Depois de muitas fotos nos Saltos, decidimos fazer o Sendero los Enamorados, também autoguiado, que tem por volta de 650 m, vai margeando o rio, passa por uma pequena cachoeira e chega até uma prainha do Río Petrohué, numa caminhada simples, mas de paisagens belíssimas.

 

IMG_0031

IMG_0023

Como queríamos chegar até o lago, decidimos não fazer o Sendero Carilemu. Pegamos o carro e seguimos em frente por mais alguns quilômetros, até o Lago Todos Los Santos.

Na chegada ao lago, uma pequena povoação e serviços turísticos, especialmente de navegação pelo lago (o Lago Todos Los Santos é um dos pontos do Cruce Andino, que vai até Bariloche).

IMG_0198

tlIMG_0051

Uma pequena dica: pra estacionar, siga um pouco mais na estrada, que vai dar numa área grande, coberta de areia negra. Daí, é só voltar caminhando pela margem do lago, pra chegar até o ponto de saída dos barcos.

tlIMG_0050

Nós queríamos fazer um passeio pelo lago, mas não por muito tempo (pra não ficar chato, nem gastar muito tempo… rsrs). Chegamos a perguntar na agência, mas não recordamos os preços das navegações. Lembramos, então, de buscar pelos pequenos barcos que estão na margem. E assim fizemos. E encontramos o Avatar, o barco de Rodrigo, com sua cadelinha Amalia, que nos cobrou $12.000 pesos, por uma navegação de meia hora, somente pra nós dois. Foi uma escolha excelente.

IMG_0061

Fizemos o passeio, vimos o lago e os vulcões de uma outra perspectiva… e eram vários vulcões, segundo nos mostrou Rodrigo… não somente o Osorno e Calbuco, mas também o Puntiagudo e outros que não lembramos nos nomes… (não anota, não lembra… rsrs…).

De volta à estrada, resolvemos dar uma esticada até Frutillar, pra ver lá o nosso último entardecer, dessa viagem, no Lago Llanquihue (e aproveitando o pôr do sol mais tarde…).

Os detalhes de nossa experiência em Frutillar (pra onde voltamos também na manhã seguinte), no próximo post.

….

Posts relacionados:

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUCÓN: A CHEGADA E O PRIMEIRO DIA

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUCÓN: SEGUNDO DIA

LAGOS ANDINOS NO CHILE – FRUTILLAR

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUERTO VARAS: A CHEGADA E O PRIMEIRO DIA

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUERTO VARAS: SEGUNDO E TERCEIRO DIAS

RESERVA HUILO HUILO – O REINO ENCANTADO NO CORAÇÃO DA SELVA PATAGÔNICA – PARTE I

RESERVA HUILO HUILO – O REINO ENCANTADO NO CORAÇÃO DA SELVA PATAGÔNICA – PARTE II

….

* Se quiser ver mais sobre essa viagem, é só visitar os destaques das stories, no nosso perfil no Instagram: @porquesomosdomundo.

** Este não é um post patrocinado. O espírito do blog é de narrar histórias e experiências, de forma que esse escrito reflete unicamente a opinião dos autores.

***Viagem realizada em março de 2018. Valores informados também correspondentes a março de 2018.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s