RESERVA HUILO HUILO – O REINO ENCANTADO NO CORAÇÃO DA SELVA PATAGÔNICA – PARTE I

IMG_9716
Hotel Nothofagus, na Reserva Huilo Huilo (#PraCegoVer: fotografia da lateral de um prédio construído em madeira, tirada do nível do solo. O prédio, que é um hotel, tem varandas, também em madeira, e janelas em vidro. No fundo, céu branco. Na lateral esquerda, um pouco de vegetação verde. No canto inferior esquerdo, em letras cinza, a inscrição @porquesomosdomundo. Fim da descrição.)

Huilo Huilo é uma reserva particular, no coração da Selva Patagónica, com 100.000 hectares de natureza exuberante, com florestas e bosques, lagos de origem glaciar, cachoeiras, diversos cursos d’água, vulcões e uma extraordinária diversidade biológica, de importância mundial, com um sem número de espécies endêmicas, o maior número de espécies de samambaias do Chile continental e diversas espécies ameaçadas ou em risco de extinção.

Nessa área, no começo do século, iniciou-se um projeto de que transformou uma zona tipicamente madeireira em um destino turístico sustentável e comprometido com a conservação da natureza.

Hoje, a área abriga hospedagem e atividades perfeitamente integradas à natureza, inclusive em seu projeto arquitetônico, e uma fundação (Fundación Huilo Huilo), empregando mão de obra essencialmente regional.

O local oferece, para hospedagem, três hotéis (Montaña Mágica, Nothofagus e Reino Fungi), além de outras opções, como o Nawelpi Lodge, cabanas e acampamentos.

Nós soubemos do Huilo Huilo lá pelos idos de 2009, em uma revista de viagem. E, de logo, nasceu a vontade de conhecer. Nos encantamos pelo projeto, que aliava conservação da natureza e turismo, mas também pelo curioso e inusitado do design dos hotéis.

O Montaña Mágica tem formato de cone vulcânico, com uma cascata despencando do topo. Foi construído em pedra vulcânica, mas, ao longo do tempo, foi-se cobrindo de vegetação… transformando-se, literalmente, em uma “montanha mágica”.

IMG_9627
Montaña Magica – sim, este é o hotel, hoje completamente coberto de vegetação… e muito difícil de fotografar…

O Nothofagus, em formato de árvore e construído totalmente em madeira (foto que abre esse post), é o coração do complexo, onde estão a recepção, o principal restaurante e o centro de informações.

IMG_9431

No interior do Nothofagus

IMG_9435

 

O Reino Fungi, em formato de cogumelo, parece estar suspenso no ar…

IMG_9614
Reino Fungi

E tudo isso interligado com jardins e pequenos lagos… é realmente lindo.

No interior, esmero e carinho nos detalhes, com “seres mágicos” povoando mesas e dependurados no teto…

IMG_9606

Lá, há inúmeras atividades a realizar, como trilhas, autoguiadas ou não, cavalgadas, mountain bike, esportes de neve (no inverno), visitas à criação de cervos e javalis, o Museo de los Volcanes, a Cervecería Artesanal Petermann… As atrações são pagas, em sua maioria. Algumas delas, como as trilhas autoguiadas, a criação de cervos e javalis e o museu, são gratuitas para os hóspedes dos hotéis.
Mas, para mais além disso, é um lugar pra contemplar a natureza, integrar-se com ela e com sua energia restauradora…

Quando decidimos a viagem, queríamos ficar no Montaña Mágica, mas não tinha disponibilidade para o período da viagem. Então, nos hospedamos no Hotel Nothofagos. E foi uma delícia. Ele tem uma árvore grande dentro, embora seca.

IMG_9616
A espiral do Nothofagus e sua árvore
IMG_9625
A rampa de acesso aos quartos do Nothofagus

Uma grande rampa em espiral leva aos quartos nos andares superiores. E, lá no topo, algo como um terraço, que dá uma vista espetacular da Reserva e do Vulcão.
Os quartos, grandes, com enormes janelas de vidro, de onde se vê a natureza exuberante da Reserva.
Escolhemos o sistema de meia-pensão, com jantar.

dIMG_9559

dIMG_9560

Escolhemos o sistema de meia-pensão, com jantar.O café da manhã é muito bom, em sistema de buffet. O esquema do jantar depende da quantidade de hóspedes: nós tivemos uma noite de buffet e uma noite a la carte. A comida é excelente, deliciosa, com pratos em linda apresentação.
As reservas pra hospedagem são feitas no próprio site.

Para chegar a Huilo Huilo, partimos de Temuco, onde chegamos no final de uma manhã, num aeroporto novinho e moderno. Pegamos o carro no aeroporto mesmo e seguimos em direção à Reserva.
Paramos, logo no início da estrada, numa pequena povoação pra comprar lanche, inclusive pro almoço, e abastecer o carro.
E fomos em frente… Em Temuco, o tempo estava meio nublado, mas, à medida que avançávamos na estrada, o céu ficava mais branco.
A paisagem era muito bonita, dando a volta no Lago Panguipulli, com várias praias e mirantes. Mas o tempo nublado tirava toda a cor. Mesmo assim, não resistíamos e parávamos pra fotografar, inclusive pensando no caminho de volta… quem sabe faria sol…

dIMG_9318
Paisagens no caminho pra Huilo Huilo
dIMG_9551
Às margens do Lago Panguipulli
dIMG_9558
A caminho de Huilo Huilo

IMG_9553

 

Chegamos a Huilo Huilo, no início da tarde. Nos registramos na recepção e fomos até nosso quarto, pra deixar as malas… era um encanto atrás do outro, nos detalhes da arquitetura, da decoração… Da janela do quarto, vista para um bosque lindo, verde…

Mesmo com tempo nublado, decidimos sair pra caminhar, tal era nossa vontade de explorar aquele pedaço de natureza tão pulsante. Fomos até o centro de informações, pra descobrir sobre o que fazer e onde poderíamos ir. Há atividades gratuitas e pagas. E, dentre as gratuitas, inúmeras trilhas (autoguiadas), uma de nossas atividades preferidas…

Decidimos começar pelo Sendero La Leona, que leva ao Salto de La Leona, uma cachoeira que abarca toda a largura do Río Fuy.

dIMG_9577
Río Fuy e suas águas azuizinhas

A trilha tem cerca de 900 metros, que é percorrida em cerca de meia hora. De nível fácil, é boa parte de passarelas.

tlIMG_9561

E, ao final, a pequena cachoeira de águas azuis, mesmo debaixo de céu nublado; que pode ser vista em toda sua beleza, a partir de uma plataforma de madeira. No caminho, árvores majestosas, muito verde e uma temperatura amena.

IMG_9569

IMG_9565

IMG_9563
La Leona e Río Fuy vistos um pouco mais de cima

E, desde aí, ouvimos o Chucao, o pequeno pássaro que é o símbolo de Huilo-Huilo… ele nos acompanhou por todos os passeios, mas, por mais que o tivéssemos buscado, não conseguimos vê-lo, apenas ouvir seu canto…

IMG_9575
O símbolo de Huilo Huilo

Depois de muitas fotos no La Leona, seguimos pelo Sendero de Los Espíritus.

dIMG_9578

Tem cerca de 1 km e leva ao Salto de Los Espíritus. Atravessando o bosque úmido temperado, sobre plataformas de madeira, é uma trilha que convida o visitante a integrar-se com a natureza e sua relação com a cultura Mapuche, em particular com os espíritos que habitam o bosque, e que estão representados em esculturas talhadas em madeira, ao longo do caminho.

Sendero de Los Espíritus

tlIMG_9598

Esculturas representativas da cultura Mapuche

tlIMG_9582

Fim de tarde, voltamos pro hotel. Mas, ainda não era hora de parar… no topo do prédio, ao final da passarela em espiral que leva aos quartos, existe uma pequena porta, que dá acesso a algo como um terraço de madeira, que circula a estrutura do hotel, de onde se tem vista de todo o bosque e do vulcão. Muito lindo, ainda que com céu nublado…

IMG_9622

 

***

Mais informações sobre Huilo Huilo no site.

LINKS RELACIONADOS:

RESERVA HUILO HUILO – O REINO ENCANTADO NO CORAÇÃO DA SELVA PATAGÔNICA – PARTE II

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUERTO VARAS: A CHEGADA E O PRIMEIRO DIA

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUERTO VARAS: SEGUNDO E TERCEIRO DIAS

LAGOS ANDINOS NO CHILE – PUERTO VARAS: QUARTO DIA

LAGOS ANDINOS NO CHILE – FRUTILLAR

***

* Se quiser ver mais sobre essa viagem, é só visitar os destaques das stories, no nosso perfil no Instagram: @porquesomosdomundo.

** Este não é um post patrocinado. O espírito do blog é de narrar histórias e experiências, de forma que esse escrito reflete unicamente a opinião dos autores.

***Viagem realizada em março de 2018.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s