LAGUNA GARZÓN, JOSE IGNACIO E O CAMINHO DE VOLTA A MONTEVIDEO…

IMG_8984
Laguna Garzón Lodge

Deixamos Punta ainda pela manhã, no dia seguinte, em direção à Laguna Garzón… nos planos, uma parada em Jose Ignacio…
Mas o dia estava muito, muito nublado… até passamos em Jose Ignacio, andamos um pouco pela povoação, fomos até o farol… mas tudo muito cinza…

IMG_8803

Fomos, então, pra Laguna Garzón, onde passaríamos aquela noite. Nos instalamos na nossa palafita, fizemos algumas fotos… O local escolhido para estar foi o Laguna Garzón Lodge, um hotel flutuante, com doze cabanas em forma de palafitas, sobre a Laguna Garzón, a 5 km de Jose Ignacio. Ao que conseguimos pesquisar, uma construção totalmente adaptada, de forma a não agredir o meio ambiente onde está inserida.

Laguna Garzón Lodge

A Laguna Garzón é uma lagoa situada entre os departamentos de Maldonado e Rocha e integra um extenso sistema de lagoas da costa atlântica sul. Desde 1976, é parte da Reserva de Biosfera denominada Bañados del Este, e desde 1977, forma parte do Parque Nacional Lacustre y Área de Uso Múltiple de la Laguna José Ignacio, Garzón y Rocha. A lagoa foi formada devido ao represamento de cursos de água, que foi causado por uma diminuição no nível marinho, combinada com a formação de uma faixa arenosa, que acabou por isolar as águas. Esse isolamento, porém, é instável e periodicamente permite a saída das águas continentais até o mar, bem como a entrada das águas oceânicas na lagoa. E essa troca de águas, doces e salgadas, que ocorre periodicamente, favorece a que o local seja criação de um número significativo de espécies de aves residentes, migratórias, peixes, moluscos e crustáceos.
Além de tudo isso, tínhamos visto em fotos que é um local belíssimo, especialmente no entardecer.

Instalados, fomos a Jose Ignacio para comer. A escolha foram sanduíches vegetarianos no Rincón Verde.

Retornamos. A travessia da Lagoa, para que se acesse o Lodge e o departamento de Rocha, é feita por uma obra curiosa de arquitetura, uma ponte circular, desenhada pelo arquiteto uruguaio Rafael Viñoly, que também projetou o aeroporto de Carrasco, em Montevideo.

IMG_8762
Ponte sobre a Laguna Garzón

Entre cochilos e pequenas aberturas de sol, tiramos algumas fotos e andamos de bicicleta, passeando pela ponte e indo até embaixo dela.

À noite, fotos especiais das luzes e das cabanas refletidas na lagoa…

Era noite de lua cheia e acordamos de madrugada, com a luz esplendorosa entrando pelo chalé… impossível não levantar pra fotografar… a foto não ficou tão boa, porque foi feita na mão, sem tripé… mas dá uma ideia da beleza do momento…

IMG_8929

….
E se não deu pôr do sol, a gente tenta o amanhecer…
Colocamos o despertador e levantamos com as primeiras luzes… o espetáculo era de pasmar, coisa que as lentes e as pernas não conseguem alcançar… a lagoa coberta de névoa, parecia fumegar… os primeiros raios de sol, em contraluz com as construções… saímos do Lodge, atravessamos a estrada e chegamos ao mar, a tempo de ver ele surgir, majestoso e colorido, o sol! E, ainda, com muitas aves… foi um sem número de fotos!

IMG_8947
A lagoa com névoa

 

Tomamos café da manhã, fizemos mais algumas fotos e partimos pra Jose Ignacio… era preciso aproveitar o dia lindo, pra ver aquele que é considerado hoje um dos locais mais agradáveis do Uruguay, numa versão mais descolada que Punta (sabe Deus por quanto tempo!)…

A nossa palafita

IMG_6607

 

E ele faz jus à fama: praias lindas, que se espalham em paisagens quase simetricamente separadas pelo Faro Jose Ignacio. Desta vez, subimos no farol e, lá de cima, a visão é ainda mais bonita… e foi emoldurada por um céu de nuvenzinhas de algodão rasgado… Foram $25 pesos uruguaios pra subir, mais os 121 degraus. E vale muito!

IMG_9051

Pegando a estrada de volta, paramos, ainda, na Laguna Jose Ignacio, lotada de aves… muitos e lindos clicks e vídeos…

IMG_6651

Traçando o caminho de volta a Montevideo, passamos por Punta e, adiante, decidimos parar no Arboretum Lussich.

O Arboretum é a reserva florestal mais importante da América do Sul e a sétima do mundo. Em seus quase 200 ha, possui 370 espécies de flora exótica, dos cinco continentes, e 60 nativas, incluindo a maior variedade de eucaliptos do Uruguay, sendo uma das mais importantes reservas mundiais da espécie. A reserva teve início em 1896, por obra de Antonio Lussich e hoje, além de um parque com inúmeras trilhas, de vários tamanhos, possui um Museo del Azulejo e o Museo del Arboretum, onde se aprende mais sobre o lugar.
Chegamos lá no início da tarde, caminhamos bastante pelas trilhas, admirando a riqueza das árvores e plantas e da paisagem que aparecia nos mirantes.

Saindo de lá, sempre calculando o tempo pra chegar em Montevideo, paramos ainda no Castillo Pittamiglio, já depois de Piriápolis, no balneário de Las Flores.
O Castillo pertenceu a Humberto Pittamiglio, que mandou construí-lo como casa de retiro, chama a atenção pelos seus traços, que lembram os castelos medievais, não obstante tenha sido construído no século passado. Depois da morte de Humberto, que o usou por apenas onze anos, permaneceu fechado até que foi adquirido pela Intendencia de Maldonado, que o reabriu ao público. Da mesma forma que o Castillo de Piria, tem signos de alquimia e entrada gratuita. Os horários de visita variam com a estação do ano, sendo recomendado buscar informação prévia na internet.
A nossa parada foi breve. O castelo é interessante e rende algumas fotos, mas a falta de informações e de conservação do lugar não ajuda na visita. Por lá é possível ver, ainda, exposições temporárias; quando estivemos lá, havia uma exposição interessante de quadros, de Jorge Berlan, que usava resíduos encontrados no mar, especialmente madeira.

Saindo do Castillo, uma parada na Tienda Inglesa, pra comprar alfajores e dulce de leche, e rumamos pra Montevideo, onde chegamos junto ao pôr do sol, com uma visão deslumbrante, a partir do terraço do hotel.
Uma última dica: o Hotel Bahamas, pertinho do aeroporto de Carrasco, com quartos pequenos, mas com bom preço e perfeito pra os voos bem cedinho, como foi o nosso.
E, no dia seguinte, de volta ao Brasil…

IMG_9190

…..

POSTS RELACIONADOS:

URUGUAY – UM ROTEIRO DE VIAGEM, COMEÇANDO POR MONTEVIDEO

COLONIA DEL SACRAMENTO… A JÁ QUERIDINHA DOS BRASILEIROS (E QUE FAZ JUS À FAMA)

CARMELO, CHARME E TRANQUILIDADE NO URUGUAY

EM DIREÇÃO AO LESTE… ATÉ PUNTA DEL ESTE

PIRIÁPOLIS – A DESCOBERTA NO URUGUAY!

…..

* Este não é um post patrocinado. O espírito do blog é de narrar histórias e experiências, de forma que esse escrito reflete unicamente a opinião dos autores.

**Viagem realizada em novembro/dezembro de 2017.

*** Valores informados para dezembro/2017.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s